Saltar para Conteúdo

Aljustrel

Aljustrel tem uma Mina


Código: AJT PR2
Tipologia: Circular
Temáticas dominantes: Complexo Mineiro, Espaço Urbano, Paisagem Rural
Distância: 12 km
Duração aproximada: 3 a 4 horas
Tipo de piso: Caminhos urbanos, passadiços de madeira, caminhos rurais
Desnível acumulado: 270m
Altitude mínima: 137m
Altitude máxima: 245m
Grau de dificuldade: Baixo
Certificações: Homologado pela FCMP
Ponto de partida e chegada: Antiga escola primária, frente ao Jardim 25 de Abril
Coordenadas geográficas: N37º52'39'' W08º09'46''
Coordenadas geográficas: 37.877609º -8.162922º
Onde estacionar: Parque de estacionamento público no local.

Contactos Úteis:

Turismo de Aljustrel
Telefone: +351 264 601 010


Descrição do percurso :

A Vila de Aljustrel vive da mina e para a mina. De tal forma se enquadra na mina, que quase tudo ao seu redor é couto mineiro, com faixas em laboração e outras já estabilizadas e musealizadas. Até mesmo o subsolo do espaço urbano está explorado nas suas profundezas. Muito do que existe à superfície é agora possível observar neste percurso que também enquadra o mundo rural que vive para lá da exploração mineira.

A antiga escola primária, é local de partida para a conquista das imensas paisagens que Aljustrel dispõe. Subir ao longo da vila, pela avenida 1º de Maio que dá acesso às rotundas que seguem para o couto mineiro. É possível por aqui, observar alguma maquinaria antiga em exposição, bem como o notável malacate de transporte vertical pelo poço da mina. Ao entrar no bairro mineiro de Vale d'Oca, tomar de imediato o passadiço de madeira que mostra vários vestígios da exploração mineira, desde os tempos romanos aos finais do século XX. No final do passadiço, passar junto à central de compressores que alimentava de ar todo o conjunto subterrâneo, passar junto a outro malacate e avistar todo o espaço mineiro ancestral, agora recuperado. Voltar para trás por dentro do bairro mineiro, apreciando alguns exemplares, ainda resistentes, da habitação mineira com a casa-de-banho do outro lado da rua. Entrar no coração do espaço urbano de Aljustrel seguindo pela Rua Vasco da Gama, Rua 31 de Janeiro, Rua Latino Coelho, Rua José Francisco Silva Álvaro, Rua Cândido dos Reis, Praça 13 de Janeiro, passar por debaixo do arco e seguir pela Rua Dr. Manuel Joaquim Brando. No final, virar à esquerda e subir a Rua São João de Deus onde se avista, ao cimo, a Igreja Matriz, e passar no Museu Municipal, antigo edíficio da Câmara Municipal. Após a igreja, subir o majestoso escadório da Igreja da Senhora do Castelo e atingir um local de deslumbramento de paisagem.

Seguir pelo passadiço lateral e descer pela vila virando à direita após a praça de touros. Seguir junto às antigas explorações mineiras e admirar o que resta de uma corta a céu aberto a partir do miradouro de interpretação da paisagem. Ao avistar o bairro mineiro de São João, virar à direita pela antiga Estrada de Aljustrel e seguir até ao cemitério. Virar à esquerda, passar junto às infraestruturas desportivas e, um pouco mais adiante, virar de novo à esquerda quando se avistam os silos de cereais e a abandonada estação de comboios. Virar à direita antes dos supermercados e atingir a mítica Estrada Nacional 2 até à entrada da vila. Na rotunda virar à direita e reentrar no núcleo urbano. Na rotunda seguinte virar à esquerda e seguir pela Av 1º de Maio até atingir o ponto de partida junto
à antiga escola primária.