O ALENTEJO

Viva


O Tejo

O Alentejo tem uma clara vocação para o Turismo Activo e de Natureza. A beleza da paisagem convida aos passeios a pé, em btt e a cavalo, e as estradas municipais, apesar da ausência de ciclovias, são excelentes para cicloturismo. Nos rios, nas albufeiras e na costa são possíveis múltiplas actividades naúticas. As praias são de eleição. E o céu, com este fantástico clima, é ideal para o paraquedismo, o parapentismo, os passeios em ultra-leve e o balonismo. 

O que lhe propomos é a descoberta de um Tejo desconhecido, bem diferente do que vemos desaguar no amplo estuário que banha Lisboa. Primeiro na região de Nisa e, depois, junto a Belver. 

Em Nisa, um município que tem investido fortemente no pedestrianismo, sugerimos-lhe que faça os seus vários percursos pedestres, todos PR (Pequena Rota), que oferecem paisagens inesperadas da bacia do Tejo e da serra de S. Miguel. Os folhetos de interpretação estão disponíveis no Posto de Turismo e, para download aqui. A sinalização tem sido mantida de uma forma exemplar.

Caso só tenha tempo para alguns, sugerimos-lhe três: o PR1,"Trilhos das Jans” (início em Amieira do Tejo, 12,6 kms, dificuldade média); o PR8, "Trilhos do Moinho Branco” (início em Montalvão, 14 kms, dificuldade média); e o PR4, "Trilhos do Conhal” (início em Arneiro, 9,8 kms, dificuldade média). Este último é uma interessante incursão pela Mina de Ouro Romana do Conhal, extensa escombreira formada por amontoados de seixos, que testemunha a extracção de ouro que aqui terá tido lugar nas épocas romana e medieval. Este local faz parte dos geomonumentos integrados no GeoPark Naturtejo, um dos 30 GeoParks europeus classificados pela UNESCO.

Os amantes de fortalezas, de boas vistas e de canoagem devem prosseguir viagem até Belver. Do alto deste castelo tem-se uma panorâmica de excepção sobre o rio Tejo. Na outra margem encontra-se a Praia Fluvial da Quinta do Alamal, com vários serviços de apoio, entre os quais o aluguer de canoas e outras embarcações que lhe permitirão, finalmente, navegar no Tejo, aqui em águas calmas represadas por uma das barragens mais antigas de Portugal. Não deixe de trilhar o magnífico percurso ribeirinho, com cerca de 2 kms, todo assente em estacas de madeira, que foi construído entre a ponte e a Quinta do Alamal. Não pode perder o  PR1 Arribas do Tejo.

Para fechar com chave de ouro qualquer programa nesta zona, tem ainda que reservar um dia para fazer de comboio o troço da Linha da Beira entre Belver e Fratel. Tenha em atenção os horários porque não foram concebidos para passeios turísticos de ida e volta.    

voltarvoltar
generico_portugues_gr_21427173214ed8fb849506c.png

Tempo para ser feliz
Download

guia_museus_portugues_gr_13425300734ed8fbd997a2b.png

Guia de Museus do Alentejo
Download

Tempo para ser Feliz

Tempo para ser Feliz
Download

Conheça o que o Alentejo tem para lhe oferecer
Turismo do Alentejo Turismo de Portugal - Alentejo
INALENTEJO QREN União Europeia