O ALENTEJO

Viva


Ecoturismo em Fronteira

O Alentejo tem uma clara vocação para o Turismo Activo e de Natureza. A beleza da paisagem convida aos passeios a pé, em btt e a cavalo, e as estradas municipais, apesar da ausência de ciclovias, são excelentes para cicloturismo. Nos rios, nas albufeiras e na costa são possíveis múltiplas actividades naúticas. As praias são de eleição. E o céu, com este fantástico clima, é ideal para o paraquedismo, o parapentismo, os passeios em ultra-leve e o balonismo. 

A paisagem que se estende entre Fronteira e Monforte é de uma beleza irresistível: são os ondulados prados verdejantes onde pastam ovelhas e gado bravo; os olivais, muito ordenados, a trepar pelas colinas; o montado de sobro e azinho, com estonteantes jogos de luz e sombra; as vinhas a mudar de cor ao longo das estações; as milhares de flores silvestres a pintar os campos quando irrompe a primavera. E é o vale da Ribeira Grande. Com uma vegetação densa e frondosa, dezenas de espécies de aves, ruínas de velhos moinhos de água e curiosos vestígios históricos como as Grutas-Santuários de S. Bento das Lapas, que só conhece quem se aventura a andar a pé.

A melhor actividade de descoberta que lhe propomos nesta zona é, precisamente, um percurso pedestre: a "Rota da Ribeira Grande” (PR2, 9 kms, nível de dificuldade médio com alguns declives acentuados), que parte e termina no Centro Ecoturístico da Ribeira Grande, junto a Fronteira. No Posto de Turismo encontra um folheto de interpretação do percurso, um Guia de Observação da Avifauna da região e, também, apoio informativo para conhecer o património desta bela vila.

No caminho para o ponto de partida, suba à Igreja da Senhora da Vila Velha, visite-a que vale a pena, e encha os olhos com a panorâmica que se desfruta do miradouro. Não se esqueça de levar farnel: as 3 ou 4 horas previstas para o passeio são curtas para gozar os sítios que vai encontrar. 
No regresso, descanse na Praia Fluvial e informe-se sobre a programação do Centro de Observação Astronómica integrado neste complexo. Se for noite de observar o céu, não perca: no Alentejo é de excepção. 

Se gosta mesmo de andar a pé, tem mais quatro percursos PR sinalizados. Se o tempo for escasso, deve fazer pelo menos mais um: a "Rota da Serra das Penas” (PR 5, 11 kms, cerca de 3h30m, dificuldade baixa), excelente pretexto para conhecer a vila de Cabeço de Vide, o seu Centro Histórico, as suas antiquíssimas azinhagas e as antas da Serra das Penas. Estando em Cabeço de Vide, visite também as Termas da Sulfúrea, junto da antiga Estação de Caminho de Ferro, na qual se conservam característicos painéis temáticos de azulejos da autoria de Jorge Colaço.  
Se prosseguir para Vaiamonte rumo a Monforte, tem novo encontro com a Ribeira Grande na Praia Fluvial da Ponte Romana. 
voltarvoltar
generico_portugues_gr_21427173214ed8fb849506c.png

Tempo para ser feliz
Download

guia_museus_portugues_gr_13425300734ed8fbd997a2b.png

Guia de Museus do Alentejo
Download

Tempo para ser Feliz

Tempo para ser Feliz
Download

Conheça o que o Alentejo tem para lhe oferecer
Turismo do Alentejo Turismo de Portugal - Alentejo
INALENTEJO QREN União Europeia